Batera.com.br

O Batera.com.br é um portal para bateristas, que junta todos os tipos de informações que esses músicos buscam. No site, podem ser encontradas matérias sobre grandes bateristas, agenda de workshops, exercícios, partituras e dicas, além de seções para fóruns de discussão e classificados.

Nessa entrevista, os proprietários Ricardo Yoshio Abe e Adalberto Brajatschek, o Magoo, comentam um pouco sobre a história do site e sobre bateria.

Pergunta: De onde surgiu a idéia para fazer o site? Como ele começou?

Ricardo Abe: Sempre gostei de bateria, mas nunca tinha estudado para valer e em julho de 2000 resolvi procurar algum material de estudo na internet, mas não achei muita coisa. Foi quando tive a idéia de criar um site que tivesse material de estudo, artigos, transcrições, divulgação de eventos, promoções, áudio, vídeo, fotos e outros materiais relacionados à bateria. Além do conteúdo, o site teria que ser organizado, de fácil navegação, rápido para carregar e gratuito a todos os usuários. Tudo estava idealizado, mas eu tinha um problema: continuava sem saber nada sobre bateria e precisava de alguém que conhecesse o instrumento não só na prática como também na teoria. É aí que entra o Adalberto (Magoo). Eu o conhecia de vista, e como sabia que ele estudava bateria no conservatório de Tatuí e naquela época já tocava muito bem, resolvi apresentar a ele o projeto. Ele topou e ficou responsável por pesquisar e compilar o material e eu fiquei com a parte “nerd”, que era cuidar da diagramação e programação do site. É assim até hoje.

Pergunta: Vocês são bateristas, ou tocam algum outro instrumento?

Ricardo Abe: Na verdade eu só faço barulho (risos). Só toco por hobby e quando sobra tempo.

Magoo: Sou baterista profissional há 15 anos. Me interessei pelo instrumento desde criança, mas os estudos vieram somente a partir de 1987. De lá pra cá passei pelo Conservatório de Tatuí, ULM e aulas particulares com Douglas Las Casas.

Pergunta: Como é a visitação do site? Qual o perfil das pessoas que acessam?

Ricardo Abe: A visitação vem crescendo muito nos últimos dois anos. No terceiro trimestre deste ano a média mensal superou 150 mil visitas. Por causa desta crescente audiência, tivemos que migrar o site para novos servidores e um novo site com tecnologia mais recente já está em desenvolvimento.

Magoo: Nossos visitantes são em grande maioria bateristas iniciantes ou profissionais de toda parte do País. São quase sempre jovens com interesse em material didático, novidades do mundo batera, manter uma rede de relacionamento com outros bateristas e vender, comprar ou trocar seus instrumentos. Recebemos muitos e-mails do exterior também, o que mostra que o site Batera.com.br tem quebrado fronteiras, apesar de estar ainda somente em língua portuguesa.

Pergunta: Assim como o Batera.com.br, existem sites dedicados a guitarristas, baixistas, etc. O que vocês acham que caracteriza a tribo dos bateristas? Como é o perfil dessa galera?

Magoo: Os bateristas em modo geral são super unidos. Estão sempre dispostos a trocar idéias, aprender, se reciclar e mostrar alguma descoberta que fizeram. Trocam material, opinam, conversam. Parece que há sempre um ambiente de companheirismo e não uma eterna disputa pela “pole position”, como parece ser o caso de “outras tribos”.

Veja todas as novidades sobre bateria no batera.com.br e confira um teste das peles Evans EC1 feito pelo site aqui.

Curtir no FacebookTwitterMais...

novembro 29, 2007 News