A Rico Reeds

Nascido na Itália, Joseph Rico (1876-1957) demonstrou na escola um talento muito especial para a música. Já na adolescência, ele e seu irmão Libereto fugiram uma noite e embarcaram em um navio para a América, famosa por ser a terra das oportunidades. Joseph era harpista, pianista e guitarrista, e seu irmão bandolinista e violinista. Depois de muito esforço e trabalho acabaram se tornando músicos extremamente conhecidos em Chicago e Nova York. Joseph Rico começou compondo e regendo, foi para Paris e se tornou um compositor procurado.

Em 1926, o sobrinho de Joseph, Frank De Michele, um clarinetista que trabalhava para o Walt Disney Studios, escreveu para o tio reclamando da dificuldade em achar boas palhetas em Los Angeles: “Tio Joe, você está tão bem estabelecido no cenário musical de Paris, tenho certeza que conseguiria achar palhetas de boa qualidade para mim”. Joseph realmente as achou com muita facilidade e mandou ao sobrinho, porém três semanas depois Frank escreveu novamente: “Meus amigos ficaram encantados com as palhetas, acabaram todas. Você poderia mandar mais algumas?” Com o tempo, o fornecedor de Joseph não pode mais fornecer palhetas devido à escassez de cana. Frank então perguntou ao tio se ele não poderia ao menos mandar um pouco de cana, que, desse modo, ele mesmo tentaria produzir suas próprias palhetas. Joseph tinha uma casa de campo na região de Var (sul da França), onde encontrou uma excelente qualidade de cana para produção de palhetas. Em 1928, Joseph Rico mandou para a América o seu primeiro carregamento de 350 kg de cana.

Para honrar o tio, Frank o perguntou se ele poderia usar seu nome para lançar sua primeira linha de palhetas. Com o tempo, Frank De Michele foi encontrando parceiros, inclusive o músico e engenheiro Roy J. Maier, para criar a sua fábrica de palhetas nos Estados Unidos. E assim surgiu o nome da empresa: Rico.

A história que está por trás do projeto e do desenvolvimento da palheta mais popular do mundo é muito interessante. Ela revela o interesse de Roy em engenharia, música e desenvolvimento de palhetas, que começou nos anos 20 com a sua primeira apresentação como saxofonista e clarinetista. Pouco depois, Maier foi membro da banda de Paul Whiteman´s, um conjunto de muito sucesso dos anos 20 e 30. Depois desse período na banda, ele ainda trabalhou no rádio e em gravadoras.

Durante sua carreira, Maier não conseguiu conciliar seu interesse entre engenharia e o seu campo de performance, e só alcançou essa combinação na Rico. O seu excelente domínio da técnica musical e o seu amplo conhecimento das características da palheta, o ajudaram no criativo projeto e no desenvolvimento final do maquinário especializado e nos métodos utilizados na produção das palhetas Rico.

Estava longe de ser um processo a ser realizado da noite para o dia. Maier fez milhares de testes para determinar a combinação única de medidas para o tamanho e a resistência das palhetas. Além disso, criou o primeiro equipamento que calcula cada mínimo detalhe do corte da palheta.

A engenhosidade e a atenção de Maier em cada detalhe permanece viva até hoje, e é inspirada por gerações de minunciosos músicos.

Onde tudo começou: Cana “Arundo donax”

Fabricar a melhor palheta requer o melhor estoque de cana. A Rico é obcecada por cultivar cana da mais alta qualidade. Nós temos cultivado cana cuidadosamente em nossas plantações na França e Argentina por mais de 30 anos, e somos a única fábrica que cultiva 100% de sua própria cana, assegurando o controle nos detalhes do cultivo de forma incomparável.

Você vai ficar surpreso ao descobrir que geralmente o desenvolvimento da cana demora de dois a quatro anos até que ela esteja pronta para ser colhida. Durante esse período, a cana que não tem o tamanho adequado é removida manualmente, e somente aquela que tem um tamanho aceitável fica na terra para amadurecer. No inverno, quando a cana está “dormente” toda a colheita é feita manualmente. O período de colheita dura de 2 a 3 meses. O processo envolve descascar, expor ao sol, secar, serrar e armazenar a planta. A Rico não tem pressa em produzir suas palhetas logo após a colheita da cana. Temos muita paciência, permitindo que ela mature e a secamos completamente para que atinja a cor dourada.

Um novo começo

Em 2004, a Rico foi adquirida pela D’Addario, principal fabricante mundial de acessórios para instrumentos musicais. Todo aspecto do processo de fabricação das palhetas Rico foi remodelado – da plantação às máquinas de produção, e tudo o que abrange o processo.

A paixão da Rico pela qualidade e comprometimento com o artista criou uma revolução entre os músicos. Hoje, a Rico é a escolha entre clarinetistas e saxofonistas de todos os níveis, e tocada nas mais prestigiados sinfônicas, conservatórios e clubes de jazz por todo o mundo.

A Rico é distribuída com exclusividade pela Musical Express desde 2005.

Curtir no FacebookTwitterMais...